Logotipo Monte Alto ADV

Comércio, serviços, produção de bens e, consequentemente, o trabalho. A cadeia de
paralisações devido à quarentena trará amargos impactos à nossa economia. 

No setor imobiliário, quem mais deve sofrer são aqueles que compraram apartamentos
de construtoras ou incorporadoras, e esperavam a entrega do imóvel. É certo que
terão que esperar um pouco mais. 

Se os materiais não chegam e se os profissionais não podem ir trabalhar, não há
como o serviço acontecer. Isso sem contarmos a real possibilidade de muitos
trabalhadores acabarem por adoecer e ficarem impossibilitados de exercer suas
atividades.

A paralisação inevitavelmente culminará em atraso e muito provavelmente em acréscimo no valor final do empreendimento. 

Diante de um evento de tamanha imprevisibilidade, não resta a consumidor e
empresas outra alternativa que não seja o diálogo, e a análise do contrato, para verificar que tipos de garantias o documento prevê, para que não haja maiores perdas ambos os lados. 

É fato que a situação pegou a todos de surpresa, prejudicando tanto empresas, quanto consumidores. Por isso, é necessário reforçar a importância de as partes negociarem para que se encontre um resultado satisfatório, já que as discussões ainda acontecerão por muito tempo. 

Se você está passando ou vier a passar por um problema desta natureza, não se esqueça de contar sempre com o auxílio de um advogado.

Em situações tão novas e imprevisíveis, trabalho de um profissional especializado é
fundamental para identificar o que a Lei diz sobre casos assim e, dessa forma, fazer
com que seus direitos sejam buscados e respeitados.

Deixe um comentário